Auto Dj - Locutor: Sergio Batista
Inicio: 00:00 Termino: 23:00
 

 


Quem bebe café tem menos problemas cardíacos e vive mais, diz estudo

Segundo estudo

Quer evitar doenças do coração e aumentar sua longevidade? Continue bebendo aquele sagrado cafezinho. Um estudo publicado na revista Nature mostra que o consumo de café pode reverter a tendência de inflamações crônicas e doenças cardiovasculares que surgem com o avançar da idade.

Já era de conhecimento da medicina que mais de 90% das doenças não-transmissíveis do envelhecimento estão associadas à inflamação crônica. Diversos artigos científicos apontam que a inflamação crônica contribui para o aparecimento de diferentes tipos de câncer, mal de Alzheimer e outras demências, osteoartrite e até mesmo depressão, além de doenças cardiovasculares.

Muito já foi estudo sobre a contribuição da ingestão de cafeína para a longevidade. Agora, o time de pesquisadores liderados David Furman e Mark Davis, da faculdade de medicina de Stanford, revelaram uma provável associação entre as doenças decorrentes da inflamação, a longevidade e o café.

De acordo com o estudo, os ácidos nucleicos - moléculas que servem como tijolos dos nossos genes – sofrem degradação ao longo da velhice. Os "restos" desse metabolismo do gene circulando pelo sangue desencadeiam o processo inflamatório que leva a doenças cardiovasculares e outras doenças. Ao injetarem essas substâncias em ratos, os pesquisadores verificaram o surgimento de inflamações sistêmicas, aumento da pressão arterial e estragos nos rins, dentre outras consequências.

Curiosamente, os componentes da cafeína bloqueiam a ação dos ácidos nucleicos. A própria estrutura da cafeína é semelhante à estrutura deles. Assim, o consumo de cafeína reverteria a tendência natural do corpo a inflamações e desenvolvimento de doenças.

O estudo

Para avaliar a associação entre cafeína, inflamação e longevidade, os pesquisadores realizaram análises de amostras de sangue, dados de relatórios médicos e históricos familiares de mais de 100 participantes. Foram vários anos de estudo. Foi revelada, assim, a existência do mecanismo inflamatório associado com o envelhecimento humano em doenças crônicas.

Também foi possível notar que nem todas as pessoas mais velhas eram acometidas pelo processo inflamatório. Para quem não gosta do sabor amargo, chá preto e chocolate escuro contêm compostos semelhantes à cafeína, dizem os pesquisadores.

Postado em: 03/02/2017 às 14:29:51
Link:

 • News | Outras Noticias
31/01/2017 - Jogo de oportunismo e falcidade...
03/02/2017 - Quem bebe café tem menos problemas cardíacos e vive mais, diz estudo...
28/01/2017 - Flamengo revê o ex-rubro-negro, o técnico Joel Santana e vence Boa vis...
01/02/2017 - Pré-carnaval em Olinda acaba com arrastão e vandalismo...
16/02/2017 - Estudante universitária é assassinada com um tiro no ouvido durante as...
28/03/2017 - Márcia Fellipe rouba a cena no Olinda Beer e anuncia gravação de DVD...
10/11/2016 - Manejo correto ajuda a conter o ataque de vermes entre ovinos...
16/02/2017 - PIS para nascidos em março e abril é liberado nesta quinta; saiba como...
01/02/2017 - Tentativa de assalto aos Correios da cidade do Congo-PB...
06/02/2017 - Ex-primeria-dama Marisa Letícia, não tem mais circulação sanguínea no ...

  DESTAQUES
4º Iati Moto Fest ( Bate e Vo:
Iati - PE...
8º Belo Jardim Moto Fest:
Belo Jardim - PE...
Mostra trará ao Brasil itens r:
rá exibida no Brasil, ainda neste primeiro semestre, em São Paulo e em um outro ...
  + Destaques

TOP 5 - As Mais Pedidas
1
Suellen Fernandes Música Still Love you (Klaus Meine)
Suellen Fernandes
2
Me Doi Te Amar
Conde do Forró
3
Menos de um segundo
Rosa de Saron
4
Adore a Ele
Arrasta Crente
5
Festa de Crente
Banda Som e Louvor
 

Enquete - Vote Agora!

O que você achou do nosso site? +